Tesouro IPCA ou IGP-M: qual a melhor opção para o investidor?

Tempo de leitura: 6 minutos

O Tesouro Direto é um bom investimento em renda fixa e muito interessante para manter parte do seu capital, já que possui baixíssimo risco. Existem duas formas de investir nesses títulos públicos, que podem ser: prefixados – quando a rentabilidade já é determinada no momento da compra; e os pós-fixados – aqui os valores são corrigidos a partir de um índice e dependem do seu desempenho, como é o caso do Tesouro IPCA e IGP-M.

Mas qual a melhor opção para o investidor? No artigo de hoje explicarei o significado desses dois famosos indexadores e o ajudarei a fazer a escolha certa para o seu perfil. Entenda também como eles funcionam em termos de lucratividade e ainda uma nova perspectiva para ganhar mais, ao transformar a sua vida financeira, com um detalhe que você vai ficar espantado… Confira:

O que significa cada índice

Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)

O IPCA, é medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), e representa a variação dos preços no mercado para o comprador final. Ou seja, é o indicador oficial da inflação no Brasil. O cálculo reflete as despesas dos brasileiros, de diversas regiões metropolitanas do país, com renda entre um e 40 salários mínimos. E, para chegar a essa conta, o índice considera, como mais consumidos, os seguintes produtos e serviços:

Tesouro IPCA - itens

A relação desses gastos com o IPCA está no fato de que, se o índice subir, há chance de eles também reajustarem e ficarem mais dispendiosos para o consumidor. Já se diminuir, significa que os preços não subiram tanto como no mês anterior. Agora para que os valores realmente caiam, é preciso que o IPCA fique negativo, ocasionando a chamada deflação.

Além disso, é por meio desse indexador que diversos investimentos são afetados, como o Tesouro IPCA, que veremos mais adiante.

Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M)

O IGP-M, por outro lado, mede a inflação em todas as rendas. E, ao contrário do IPCA, independe do governo, pois é calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). É também conhecido por justificar o aumento dos aluguéis e imóveis. Suas variáveis, portanto, são uma média dos: Índice de Preços no Atacado (IPA), Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), nas seguintes proporções:

Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M)

A lógica permanece a mesma do IPCA, e pode apontar para valorização (baixa dos preços) ou desvalorização (alta dos preços) do real; e aumentar ou diminuir o nosso poder de compra. Portanto, ambos os índices se propõem ao mesmo trabalho de medir a inflação.  Sua maior diferença é que o IGP-M não é vinculado ao Governo Federal. Planos de saúde e seguros também podem utilizá-lo como base para correção das cobranças.

Então, como o Tesouro IPCA e IGP-M funcionam?

Os títulos do Tesouro IPCA têm sua rentabilidade calculada com base na inflação IPCA do período mais a taxa de juros determinada no ato da compra. Ou seja, quanto maior forem esses índices, melhor será o resultado da aplicação. Vale lembrar que é interessante resgatar após o vencimento para que não haja prejuízos para o investidor. Saiba mais nesta completa publicação sobre o Tesouro Direto.

Veja as variações do IPCA no último ano:

ipca-ultimo-ano

O Tesouro IGP-M, assim como o Tesouro IPCA, depende do cálculo do seu indicador e dos juros combinados na aquisição. Reforço que ambos são títulos pós-fixados, o que significa que os ganhos desse investimento só serão divulgados quando ele vencer. O importante é que você tenha em mente que qualquer uma das duas opções lhe renderá acima da inflação e mais do que poupança. Analise o IGP-M de 2016 até março de 2017:

 

Faça comparações e analise o seu perfil

Agora, veja no gráfico a seguir, a variação dos dois índices desde 2013 até janeiro de 2017.

grafico-ipca-igpm

Você notou como IGP-M teve mais movimentações do que IPCA? Em termos de investimento, a volatilidade pode ser bem atrativa para quem busca o longo prazo. Já o IPCA pode ser interessante para o curto prazo, justamente por não oscilar tanto. Por isso, antes de tomar uma decisão sobre qual deles se adequa melhor ao seu perfil, avalie quais as suas prioridades para os próximos meses e anos.

Lembre-se da sua aposentadoria, que não significa parar de trabalhar apenas quando tiver 60 anos, mas quando você puder viver de renda e fazer aquilo que gosta. Como? Por meio da independência financeira! E a melhor forma de chegar lá é com o seu conhecimento e boas escolhas ao longo do caminho. Então, antes de optar entre o Tesouro IPCA e o IGP-M, leia sobre esse detalhe inesperado e…

Tenha maiores rentabilidades

maiores rentabilidades tesouro ipca

Como escrevi no início do post, e gostaria de reforçar aqui, eu não tenho absolutamente nada contra o Tesouro Direto. Inclusive, eu o considero um bom investimento em renda fixa. Mas, quero alertar você para um detalhe que, muitas vezes, pode passar despercebido.

É claro que faz parte ter uma parcela do seu capital em um rendimento pequeno, porque você não quer correr riscos. Porém, é importante não se enganar e acreditar que você terá (ou tem) uma rentabilidade muito alta em renda fixa. Acredite, não é suficiente…

Como mostrei neste artigo, existem opções mais interessantes no Tesouro Direto. E as que eu mais gosto são as pós-fixadas, como o Tesouro IPCA e IGP-M, pois paga-se uma quantia fixa que pode chegar aos 5 ou 6% + a inflação. Aqui, há um retorno maior, mesmo com o desconto do IR.

Mas, quero deixar o alerta de que precisamos calcular os ganhos reais de um investimento antes de decidirmos por ele. Lembre-se, portanto, que uma boa aplicação financeira deve SEMPRE render acima da inflação e lhe trazer lucratividade mesmo com a dedução dos impostos.

Então, esqueça a ilusão de que 14%, 15%, 16% ao ano significam uma rentabilidade alta, o que vale é o retorno real e não a porcentagem que se faz ao ano… Por isso, quero lhe fazer um convite e afirmar: vale a pena correr riscos controlados na renda variável e não ficar engessado em um valor fixo.

Então, para que você tenha a oportunidade de obter uma rentabilidade maior e transformar sua vida financeira como prometi, disponibilizo para você um material exclusivo. Clique aqui, baixe gratuitamente e descubra como viver de renda fazendo investimentos.

Vou esperar por você para trilharmos juntos uma jornada de muito sucesso!

Conte sempre comigo!

Um grande abraço, Marcello.