É possível viver de rendimentos do mercado financeiro?

Tempo de leitura: 4 minutos

viver do mercado financeiroHoje vou responder a uma dúvida que muita gente tem e vem me perguntar: é possível viver exclusivamente dos rendimentos do mercado financeiro? E a resposta é: sim, é possível, mas não da maneira romântica que muitas pessoas imaginam por aí.

Existem muitos investidores que vivem exclusivamente desta forma, mas para chegar lá, não é simplesmente investir R$ 5 mil ou R$ 10 mil, aplicar em robôs e pronto, aguardar que esse programa vá fazer 20% de rentabilidade ao mês e está tudo resolvido para o resto da vida. Não, não é assim que funciona. Veja alguns fatores que você precisa considerar se quiser conquistar sua independência investindo no mercado financeiro:

  1. Esteja atento aos impostos, taxas e inflação

O primeiro fator é acumular uma quantidade capital onde, você tenha uma rentabilidade boa, mas razoável, que seja suficiente para viver tranquilamente, considerando que precisará pagar imposto de renda e de que é preciso contabilizar as perdas com a inflação.

Por exemplo, se você faz em média 5% ao mês, o ideal é retirar apenas 4% do seu ganho para poder pagar alguns custos que estão envolvidos com esse 1%. Desta forma, seu capital continuará crescendo sem sobressaltos.

  1. Invista em diferentes estratégias

Para você realmente alcançar consistência nos seus ganhos, é preciso que você tenha múltiplas estratégias. Embora seja perfeitamente seguro investir por meio de robôs, é fortemente recomendável que você também opere manualmente.

Quando você domina o mercado financeiro, conhece uma ou mais estratégias eficientes e sabe operar adaptando essas estratégias à realidade do mercado daquele momento, fica muito mais confiante de que vai conseguir continuar tendo aquela rentabilidade.

Os robôs podem dar uma certa incerteza, principalmente quando é um robô comercial do qual você  não conhece a estratégia. Não existe problema nenhum em utilizar robôs para investir de forma automática, como já falamos aqui, mas é importante saber operar bem o mercado manualmente, se o seu objetivo é viver exclusivamente dos rendimentos desses investimentos.

Quem realmente sabe investir bem manualmente, tende a usufruir melhor dos robôs, pois saberá a hora de desligar o robô ou de reativá-lo com mais eficiência.

  1. Acumule  um ano de rentabilidade prévia

Então, como eu disse anteriormente, não é só colocar o dinheiro e viver do mercado financeiro. Você vai ter que aplicar e deixar seu capital multiplicar. Precisará fazer as operações e se tornar um investidor consistente e extremamente lucrativo antes de largar tudo e viver só desses rendimentos. Depois de atingir o capital que você acha suficiente para gerar sua renda mensal, você deve ainda esperar mais um ano para colher esse frutos. Aí, sim, viverá tranquilo com segurança.

Por exemplo, se você quer viver com US$ 5 mil por mês, com rentabilidade de 5% ao mês – que é uma rentabilidade alta, mas possível para quem opera bem, – vai fazer aproximadamente rentabilidade de 60% ao ano. Quando atingir US$ 160 mil, você saca, porque você vai ter um ano da sua renda garantida.

Outra dica: programe-se para fazer 60% ao ano e não 5% ao mês, porque os valores variam no decorrer do período. Considerar isso tira um pouco do peso das suas costas.

4 . Aprimore seu conhecimento

Fique atento a esses detalhes que vão ajudá-lo a acelerar o processo de aposentadoria e a ter um controle muito grande do dinheiro para a sua vida – mas, é claro, você vai conseguir isso desde que seja um trader lucrativo e consistente. Para isso, estude, pesquise e fique atento a sites e cursos confiáveis.

Conclusão:

Para chegar lá, você precisará ter a noção de tudo o que precisa para ser um investidor de sucesso e alcançar sua independência investindo no mercado financeiro. Vamos recapitular:

  • Multiplique seu capital, atingindo uma boa reserva, que considere impostos, taxas e inflação;
  • Procure dominar os investimentos manuais e com robôs e diversificar sua forma de atuação;
  • Acumule um ano de rentabilidade prévia, para conseguir viver do mercado com tranquilidade;
  • Estude constantemente, buscando evoluir como investidor e alcançar um bom nível de experiência.

E aí, gostou das dicas?

Comece hoje mesmo a aprender mais! Confira nosso curso Investidor de Sucesso, onde eu ensino passo a passo como conquistar sua liberdade financeira.