Como garantir o futuro do seu filho e da sua família a partir de agora

Tempo de leitura: 11 minutos

Utilizar o dinheiro com sabedoria e poupar, desde os primeiros reais ganhos, são decisões primordiais para conquistar uma próspera jornada financeira. Por isso, planejar é essencial para que objetivos sejam alcançados ao longo da vida. Mas, se já é difícil ter organização individual, ou mesmo em casal, como garantir o futuro do seu filho nesse sentido?

Quando um bebê nasce, essa preocupação é ainda mais intensa. Pois, além de todos os cuidados, é preciso ampará-lo e preparar seu futuro. Ou seja, guardar um bela quantia para que, dali alguns anos, todo um planejamento não vá por água abaixo com despesas de mensalidades escolares, universidades e outras necessidades que possam surgir durante o percurso.

A boa notícia é que sempre há tempo suficiente para começar uma reserva de capital. E o quanto antes incluir no orçamento novas economias para os custos com os filhos, melhor será! Afinal, as oscilações dos juros, o sobe e desce da inflação brasileira e as mudanças na sua própria renda, podem desfavorecer e tornar esse projeto ainda mais dispendioso.

Então, prepare-se e saiba que a poupança não é única alternativa de investimento do mercado. As melhores opções para saber como garantir o futuro do seu filho e da sua família estão a apenas um passo do seu acesso. Faça o planejamento das suas finanças, elabore as melhores estratégias e construa grandes oportunidades para seus filhos a partir de agora…

Saiba como na publicação a seguir!

Quanto devo guardar?

A resposta dependerá do quanto você ganha por mês e de como anda sua saúde financeira. Dessa forma, a primeira coisa que você deve ter em mente é a ponderação na hora de organizar as contas. A segunda é calcular as despesas mensais e, a partir desse número, verificar quanto lhe sobra para economizar. Feito isso, não perca mais tempo e comece!

Se conseguir guardar R$ 100 por mês, por 18 anos, acumulará um total de R$ 21.600,00 – valor ainda sem calcular os juros do investimento que você escolher e que fará o capital se multiplicar. E poupar 100 reais, mensalmente, significa deixar de gastar apenas R$ 3,29 por dia desde o nascimento do bebê. Portanto, se programar é mais possível do que imagina.

Porém, lembre-se que garantir o futuro do seu filho, ao fazer uma nova organização financeira, não deve interferir no orçamento atual. Ajuste os gastos e o quanto pode economizar de forma bastante equilibrada. Preparar um pé-de-meia para os pequenos, mas deixar de arcar com as outras despesas é criar um problema para você e sua família. Fique atento a isso!

Tenha metas de curto, médio e longo prazo e utilize as aplicações recomendadas para cada uma delas. Também é muito importante diversificar investimentos e manter quantias separadas para emergências, aposentadoria e objetivos especiais, como a educação dos filhos. No entanto, descarte as aplicações bancárias como uma opção e entenda…

Poupança e previdência não são bons negócios

Como garantir o futuro do seu filho

Umas das coisas mais importantes para saber como garantir o futuro do seu filho, é buscar investir em ativos que ofereçam os melhores retornos financeiros do mercado. Acontece que a poupança não é a modalidade mais indicada para isso, pois o lucro depende de uma remuneração pré-fixada com base na taxa básica de juros (Selic) e na Taxa Referencial (TR).

Quando a taxa básica está acima de 8,5% ao ano, a poupança rende 0,5% a ao mês mais a TR. Já quando está abaixo dos 8,5%, o rendimento cai e passa a ser de 70% da taxa básica mais a TR. Em 2017, a Selic deve fechar em 9% e com projeções ainda menores para 2018. Ou seja, quanto menores as taxas praticadas pelo governo, menores os ganhos para o investidor.

No caso da Previdência, a alta taxa de administração já é um grande primeiro problema. Com o passar do tempo, a cobrança desses valores corrói os lucros. Outro ponto é que as instituições aplicam o dinheiro dos clientes na Bolsa de Valores. Porém, a escolha das ações é baseada apenas na maior liquidez. Resultado: rentabilidade abaixo das ações de boas empresas.

O cenário desses investimentos mais ‘tradicionais’, antes solução para as famílias mais antigas, hoje torna-se obsoleto para pessoas antenadas em finanças. Elas também têm a consciência de que não tomar esse cuidado é ver o dinheiro ser consumido pela inflação, contribuições mensais e descontos às suas contas. Busque o melhor para você e seus filhos também!

Por isso…

Planeje e tenha disciplina na execução

Os pais precisam de um propósito bem claro para economizar e eliminar o risco de usar esse dinheiro antes do tempo e para outro fim. Fora a mensalidade da escola e da universidade, uma organização financeira bem executada pode ser o recurso ideal para proporcionar ao filho uma experiência internacional quando ele fizer 18 anos. O que acha da ideia?

Então, encontre investimentos que estejam blindados contra a inflação e realize aportes mensais até a data em que o objetivo deve ser alcançado. Essa é uma ótima alternativa! Faça acontecer e mantenha esse compromisso como uma das coisas mais primordiais e necessárias da sua vida. Aprenda como garantir o futuro do seu filho e seja ainda mais feliz!

Uma possibilidade bem interessante é investir no CPF da criança a partir do dia em que ela nascer. A ideia é criar um bloqueio psicológico que irá lhe impedir de utilizar as reservas do bebê para você, eventualmente. Execute os planos por esse meio e deixe todo o suporte pronto para que o pequeno possa usufruir do capital já no início da vida adulta. Mas, não esqueça…

Antes de aplicar o dinheiro para os filhos, tenha seu próprio patrimônio. Liberdade e segurança financeira, assim como boas reservas para aposentadoria, também são garantias para o futuro deles. Isso porque, se você não tiver como se sustentar lá na frente, seus filhos se sentirão responsabilizados pela sua sobrevivência.

Portanto, veja a seguir os investimentos mais indicados para começar já!

Conheça boas opções de investimentos

Como garantir o futuro do seu filho_investimentos

Existem muitas maneiras acessíveis e lucrativas de investir para atingir suas metas, mas o quanto antes começar, melhor. Assim, você será mais beneficiado pelo maravilhoso efeito dos juros compostos e verá o dinheiro realmente multiplicar. Construa essa fantástica reserva financeira e veja como garantir o futuro do seu filho pode ser mais do que gratificante.

Olha só:

Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs)

Os FIIs são indicados para objetivos de curto prazo, mas também podem ser ótimas opções para médios e longos períodos. Possibilitam adquirir cotas de imóveis, como condomínios, shoppings, galpões e etc. São excelentes para complementar a renda familiar já que o lucro vem do aluguel das propriedades, distribuído mensalmente aos cotistas. Utilize a melhor estratégia e comece a partir de R$ 100.

Bolsa de Valores

Quer deixar o dinheiro render por mais tempo e lucrar ainda mais? A Bolsa de Valores é a alternativa certa: seja para pagar a faculdade do filho, ajudá-lo a montar um negócio daqui a alguns anos ou para que ele realize o intercâmbio dos sonhos. Adquira ações e torne-se sócio de empresas lucrativas ou em expansão, pois os ganhos delas serão os seus também. Escolha boas empresas com um método exclusivo e inicie com 500 reais.

Forex

Agora se você busca rentabilidades formidáveis e quer entrar no mercado financeiro com tudo, escolha o Forex. Esse tipo de trading negocia a compra e a venda de moedas internacionais com um risco/retorno muito atraente. Essa aplicação pode trazer um lucro médio mensal de até 4%, mas é preciso performar com inteligência. Reserve cerca de 800 reais e comece a ser um trader agora mesmo!

Como garantir o futuro do seu filho – Infográfico

Como garantir o futuro do seu filho_faculdade

 

Educação financeira também é importante

Como garantir o futuro da sua filha

Ensinar educação financeira às crianças também é um dos principais investimentos que você pode fazer por elas. Afinal, um adulto bem sucedido é reflexo da forma como administra o dinheiro e não dos dígitos que possui na conta. Então, à medida em que seu filho crescer, dê a ele uma base financeira capaz de lhe render muito mais do que qualquer aplicação.

É importante que ele saiba economizar e aproveitar a vida sem culpas econômicas. Esse é o verdadeiro sentido da liberdade em finanças! Por isso, inclua a criança nas rotinas relacionadas às despesas da casa e saiba como garantir o futuro do seu filho desde cedo. Com o bom exemplo dos pais, ele tornará o ato de se planejar um hábito corriqueiro da vida.

A mesada é um bom instrumento para isso, pois você pode ensiná-lo a utilizar o dinheiro com inteligência. Agora para que ele tenha disciplina, faça-o participar dos cuidados com a moradia. Além disso, você pode mostrar a ele o valor do trabalho e oferecer um “valor extra” para realização de pequenas tarefas domésticas que não fazem parte do dia a dia.

Veja ideias de como distribuir funções em cada idade:

Dos 5 aos 6 anos: Arrumar a cama, colocar as louças na mesa, molhar e cuidar das plantas (“valor extra”);

Dos 7 aos 9: Manter as atividades acima e incluir a limpeza das louças. Já para o extra, além do cuidado com o jardim, dar comida aos cachorros;

Dos 10 aos 11: Ocupações anteriores mais tirar os lixos da casa. Extras: Incluir a limpeza do carro;

Dos 12 em diante: Somar aos outros itens a arrumação e organização do quarto. Já para valor extra: obrigações acima e levar o cachorro passear.

Passo a passo para saber como garantir o futuro do seu filho

  • Faça um planejamento: Para ter sucesso nos investimentos é preciso planejar e fazer metas. Você quer pagar a faculdade do seu filho? Garantir que não lhe falte nada lá na frente? Defina o objetivo principal primeiro para estimar quanto e até quanto é necessário economizar.
  • Uma conta para o seu filho: Escolha uma instituição confiável, com custos baixos e bons investimentos. Abra uma conta no nome do seu filho, basta tirar o seu CPF – mesmo que ainda seja um bebê. Dessa forma, você resistirá a mexer no dinheiro que colocar lá.
  • Defina onde investir: A não ser que tenha filhos adolescentes, prefira aplicações de longo prazo, pois são as mais rentáveis. Aprenda a investir, tenha um bom método e realize aportes mensais. Após isto, deixe os juros compostos fazerem a multiplicação acontecer…
  • Faça um seguro de vida: Para assegurar as despesas da família caso a renda diminua e também para proteger os filhos caso algum dos pais venha a faltar. Afinal, ninguém peca por estar prevenido, ainda mais quando se trata da educação das crianças.
  • Invista com eficiência: Utilize um método que lhe diga o que fazer e como se comportar no mercado diante das adversidades e oportunidades. Essa é a chave para aprender como garantir o futuro do seu filho daqui para frente ; )

Por isso, conheça a estratégia que desenvolvi e a chamo hoje de Método Investidor de Sucesso. Já são mais de 11 mil pessoas que pude ajudar com minha experiência e performance como trader. Pois assim como você, eu buscava melhorar a minha vida quando passei a me interessar pelos investimentos. E quando fiz essa escolha, há 10 anos, jamais me arrependi!

Conte comigo sempre e até a próxima publicação!

Abraços, Marcello.