Como conquistar a independência financeira mesmo em época de crise

Tempo de leitura: 8 minutos

Você já parou para pensar por que algumas pessoas ficam ricas, enquanto outras não atingem objetivos nas finanças e apenas sobrevivem mês após mês? Mas você sabe o motivo pelo qual isso acontece? Não é o acaso, nem mesmo fatores econômicos ou sociais (tão pouco fórmulas prontas). São algumas características que diferenciam aqueles que vivem com mais dinheiro do que outros. Por isso, alcançar a independência financeira – mesmo em época de crise – é o tema do nosso artigo de hoje. Acompanhe:

Seja sincero: você sofre para juntar dinheiro no final do mês?

Se sua resposta foi sim, fique tranquilo(a). Isso acontece com a maioria, que  simplesmente chega ao final do mês apertada, sem nada na conta ou na carteira. E, acredite, até mesmo os que ganham mais de R$ 10 mil podem passar por essa situação… Agora responda para si mesmo: você tem vontade de investir seu dinheiro para deixar ele render?

Pense um pouco: não seria bem melhor do que continuar se esforçando no seu emprego sem conseguir acumular nada? Então, saiba que conquistar a independência financeira, ou ter tranquilidade em relação à sua renda, somente será possível quando seu dinheiro estiver trabalhando para você. E o passo inicial é fazer o dever de casa e guardar todos os meses.

Após estudar, por mais de uma década, e mostrar, há mais de 4 anos, às pessoas como conquistar a independência financeira, descobri o que funciona melhor. E isso vai além de anotar 100% dos seus gastos, fazer planilhas ou usar um software para o controle das despesas. O segredo é simplesmente receber seu salário e se pagar antes de qualquer outra atitude em relação ao seu dinheiro.

Ou seja: quando seu pagamento ou retirada de lucro cair na conta, você deve reservar uma quantia, que pode ser em porcentagem ou um valor fixo – por exemplo, R$ 300 por mês. Feito isso, você dará um jeito de “se virar” com o que sobrar no restante do mês e poderá consumir de uma forma mais organizada do que o habitual.

Mas, “por que e onde investir meu dinheiro?”

como conquistar a independência financeira 2

Com pequenos ajustes na rotina, você passa a colocar em prática os bons hábitos para a liberdade financeira. Fazer isso também o deixará motivado, além de ajudar a evitar gastos supérfluos que não lhe agregam em nada. Sem contar a lembrança do alto preço que terá que pagar, trabalhando arduamente para o resto da vida.

São impressionantes os resultados que temos visto com as pessoas que decidem adotar imediatamente essa técnica do “se pagar”. E estamos aqui para lhe encorajar a fazer o mesmo! Quem sabe ainda este mês ou no próximo? Experimente e veja como conquistar independência financeira é um objetivo muito mais plausível do que sequer imaginava antes…

No entanto, depois de dar o primeiro passo, e começar a acumular capital, você precisa investir esse dinheiro. É com o rendimento das aplicações financeiras que você terá a renda passiva e automática que sempre quis. O que não significa delegar a função de investidor para outra pessoa, como o gerente do seu banco ou o profissional de uma corretora de valores…

Sim, é importantíssimo que você mesmo cuide do seu patrimônio e invista da melhor maneira possível para acumular cada vez mais. Afinal, o objetivo é alcançar uma renda mensal com esses investimentos. E quem será melhor do que você para assumir esse compromisso, não é mesmo? Então que tal começar a pensar nisso e conhecer:

As melhores opções do mercado

Para obter uma maior rentabilidade, e conquistar a independência financeira de fato, você precisará de conhecimento, experiência e resultado. Essas habilidades podem fazer TODA a diferença na sua vida. Portanto, comece a aprender sobre o assunto desde já. E os investimentos que fazem a maioria das pessoas enriquecerem são os seguintes:

Renda Fixa: Primeira coisa: nada de deixar seu dinheiro na poupança ou em previdência privada! Prefira os títulos de renda fixa, como o tesouro direto, letra de crédito imobiliário ou agrícola e debêntures.

Imóveis: Seja ao comprar terrenos, imóveis na planta, em leilões ou barganhas, como de pessoas que precisam vender rapidamente um apartamento ou casa: você pode escolher qualquer uma dessas opções desde que tenha o dinheiro necessário para isso. 

Dica: Agora, se você vai começar do zero e tem pouco dinheiro guardado no momento (como, por exemplo, R$ 200) ou possui uma boa quantia para investir, mas busca uma forma mais dinâmica e menos trabalhosa de aplicar em imóveis (assim como nós!), considere os Fundos de Investimento Imobiliário a seguir:

FIIs: os Fundos de Investimento Imobiliário são negociados na bolsa de valores. Com eles, você pode adquirir cotas de imóveis comerciais, residenciais, shoppings, e etc. Tudo a partir de R$ 100. A gestão dos empreendimentos fica a cargo de profissionais especializados é há isenção do IR para o recebimento do aluguel. Saiba mais aqui.

Ações: Investir na Bovespa pode parecer assustador para muita gente. Mas a verdade é que, além de poder começar com valores pequenos  (cerca de R$ 500), é possível utilizar métodos simples para selecionar boas ações e obter bons resultados. Com essa técnica, mesmo em épocas de baixa do mercado, consegue-se aproveitar para lucrar. E mais: disponha de apenas 30 minutos por mês! Assim aprendi com Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos : )

Forex: É um investimento que fica fora do país, mas é totalmente seguro e legal para brasileiros. Nele, são negociadas moedas de países fortes, como Inglaterra e Estados Unidos. Uma excelente oportunidade para trazer diversificação e retornos bem interessantes, pois há muita liquidez. Aparentemente, pode até parecer complicado, mas depois que inventaram os robôs (ou expert advisors), tudo ficou mais fácil. Já pensou poder operar de forma automática no mercado financeiro e com rentabilidade acima da média? Então, este é o seu lugar!

Conclusão: aprender a investir é o segundo passo para conquistar a sua independência financeira!

Siga para o terceiro…

Efeito bola de neve

como conquistar a independência financeira 3

O terceiro passo é o que chamamos de ‘formação da bola de neve”. Ou seja, após juntar dinheiro e investir todos os meses, você deve agir como os investidores de sucesso. Mesmo que tenha pouco tempo para acompanhar seus investimentos. Como? Basta deixar os juros compostos fazerem efeito e o seu capital se multiplicar em longo prazo!

Veja os exemplos abaixo para entender melhor a diferença entre um rendimento mediano e o de um investidor de sucesso:

  • Situação 1: Se você investir R$ 300 mensais durante 15 anos, num investimento com média de 1% ao mês, ao final terá acumulado R$ 149.874,06.
  • Situação 2: Já se com os mesmos R$ 300, e também por 15 anos, você aplicar numa modalidade com média de 2% ao mês, obterá R$ 514.812,47. Mais de meio milhão de reais, em pouquíssimo tempo, e do zero… Nada mal, não é mesmo?!

Agora imagine:

  • Situação 3: Numa aplicação com porcentagem média de 3% ao mês, sobre os mesmos R$ 300 mensais, durante 15 anos, você acumularia os impressionantes R$ 2.035.033,60. Uma bagatela de mais de 2 milhões!

A ideia é que, a partir desse momento, você realize saques mensais do lucro dos seus investimentos para pagar todas as suas contas. E, claro, ser livre, para trabalhar quando, como e somente se quiser. Assim, após conquistar a independência financeira, o quarto passo é: viver e oferecer a qualidade de vida que você e sua família merecem!

OBS.: Lembre-se que estamos falando da renda variável e que podem haver meses bons e ruins. Por isso, trabalhamos sempre com a média anual de rentabilidade, dada a importância do longo prazo em qualquer investimento. “Milagres não existem”.

Como conquistar a independência financeira – Recapitulando:

  • 1º passo: Pague-se, SEMPRE, em primeiro lugar! Não importa o que aconteça!
  • 2º passo: Conheça as melhores aplicações do mercado, invista no seu conhecimento e escolha a melhor modalidade para você.
  • 3º passo: Acumule e multiplique seu capital, no famoso efeito “bola de neve” do longo prazo. Seja um investidor de sucesso…
  • 4º passo: Aproveite e viva a vida da melhor forma possível com seus resultados!

E, para facilitar ainda mais essa jornada, nós criamos uma aula online onde explicamos detalhadamente como conquistar a independência financeira – mesmo em época de crise -, lhe mostramos qual o caminho para você se tornar o investidor de sucesso que sempre quis e de uma maneira única! Clique AQUI para INSCREVER e assistir GRATUITAMENTE à próxima sessão.

Esperamos encontrar você por lá, então, até breve!

Forte Abraço!