Como Conquistar a Independência Financeira Mesmo em Época de Crise

Tempo de leitura: 7 minutos

como conquistar a independência financeiraVocê já parou para pensar por que algumas pessoas ficam ricas, enquanto outras fracassam miseravelmente, apenas sobrevivendo mês após mês? Pois é, isso não acontece por acaso! Existem alguns fatores que diferenciam os vencedores dos perdedores e é sobre alcançar sua independência financeira – apesar da crise – que eu vou falar nesse artigo.

Você sofre para juntar dinheiro no final do mês?

Bom, isso acontece com a maioria das pessoas, elas simplesmente chegam ao final do mês apertadas, sem dinheiro na carteira (mesmo aqueles que ganham mais de R$ 10 mil por mês!). Você já teve vontade de investir seu dinheiro, de modo que ele passasse a trabalhar para você? Seria bem melhor, ao invés de você continuar trabalhando sem nunca conseguir acumular uma boa quantia, não é?

Você só vai conquistar a independência financeira, ou seja, poder viver exclusivamente do rendimento dos seus investimentos e ter renda vitalícia e nunca mais ser obrigado a trabalhar, cumprir horário ou chegar ao final do mês apertado sem dinheiro, quando tiver dinheiro trabalhando para você. E o primeiro passo para isso é fazer o dever de casa e juntar dinheiro todos os meses (mesmo que comece com pouco).

Após uma década ensinando as pessoas a como conquistar a independência financeira, eu descobri o que funciona melhor para a maioria das pessoas. E isso vai além de  anotar 100% dos seus gastos, fazer planilhas complicadas ou usar um software ou aplicativo pra isso.

O que funciona melhor é você simplesmente se pagar em primeiro lugar! Isso quer dizer que ao receber o seu salário ou retirada de lucro, você simplesmente reservar um valor, que pode ser em porcentagem ou um valor fixo (por exemplo, R$ 300 por mês) e realizar seus investimentos. Feito isso, você dará um jeito de “se virar” com o dinheiro que sobrar no restante do mês e poderá consumir sem culpa.

Desta forma, você passa a colocar imediatamente em prática a sua trajetória rumo à liberdade financeira,  o que te deixará muito motivado e evitará que você acabe gastando seu dinheiro com supérfluos que não agregam nada a sua vida e que vão fazer você pagar um preço caríssimo, que é ter que trabalhar arduamente o resto da sua vida.

São impressionantes os resultados que eu tenho visto com as pessoas que decidem adotar imediatamente essa técnica e eu estou aqui para te encorajar a fazer isso imediatamente!

Esse é o primeiro passo para você conquistar a sua independência financeira.

Por que e onde investir meu dinheiro?

Depois de dar o primeiro passo e começar a acumular capital, você precisa investir esse dinheiro. É o rendimento dos seus investimentos que irá fazer com que você tenha a renda passiva (automática) que você sempre quis.

Mas, gerar renda passiva não significa que você deva delegar essa função de investir para outra pessoa, como o gerente do seu banco ou o corretor de uma corretora de bolsa de valores. É importantíssimo que você mesmo cuide do seu capital e invista da melhor maneira possível para acumular a maior quantia possível para, posteriormente, gerar renda mensal com esse investimento.

Qual a Diferença entre um Investidor de Sucesso e um Investidor que Fracassa Miseravelmente?

Deixa eu te dar um exemplo para você entender a diferença entre um rendimento mediano e o rendimento de um investidor de sucesso:

  • Se você investir R$ 300 por mês durante 15 anos, com média de rentabilidade de 1% ao mês, ao final desse período você terá acumulado 149.874,06 reais.
  • Com os mesmos R$ 300, durante os mesmos 15 anos, com uma rentabilidade média de 2% ao mês, você irá acumular R$ 514.812,47. Mais de meio milhão de reais em apenas 15 anos, começando do zero! Nada mal, não é mesmo?!

Agora imagine:

  • Obtendo uma rentabilidade média de 3% ao mês sobre os mesmos R$ 300 mensais, durante 15 anos, você acumularia os impressionantes R$ 2.035.033,60 (uma bagatela de mais de 2 milhões de reais!)

Quais são as melhores opções em investimentos?

Claro que para obter uma maior rentabilidade você precisa de mais conhecimento e experiência, mas o que eu quero deixar claro aqui é que isso pode fazer TODA a diferença na sua vida e que, portanto, você deve começar a aprender a investir hoje mesmo. E isso é muito mais simples do que você possa imaginar.

Existem diversos tipos de investimentos, mas os que fazem eu e a maioria das pessoas enriquecerem são os seguintes:

  • Renda Fixa: Nada de poupança ou previdência privada! E, sim, títulos de renda fixa, como o tesouro direto, letra de crédito imobiliário ou agrícola e debêntures.
  • Imóveis: Seja comprando terrenos, imóveis na planta, leilões de imóveis ou aproveitando barganhas, como comprando imóveis de pessoas que precisam vender rapidamente um apartamento ou casa.

Você pode escolher qualquer um desses acima (desde que obviamente tenha o dinheiro para comprar o imóvel). Agora, se você está começando do zero e tem pouco dinheiro pra começar (como R$ 300 por exemplo) ou tem dinheiro para investir, mas simplesmente está buscando uma forma mais dinâmica e menos trabalhosa de investir em imóveis (esse é o meu caso!), avalie investir em FII , Fundo de Investimento Imobiliário.

  • FIIs: são imóveis negociados na bolsa de valores, onde você pode comprar cotas de imóveis comerciais, residenciais, lojas, galpões, universidades, etc.. E tudo isso com valores a partir de R$ 100. O melhor é que tudo é gerenciando por uma gestão profissional e atualmente conta com isenção de IR para o recebimento mensal do aluguel (sim, FIIs pagam aluguéis mensalmente também).
  • Ações: Investir na bolsa de valores pode parecer assustador para muita gente, mas a verdade é que, além de poder começar com valores pequenos  (por exemplo R$ 400), você pode usar técnicas simples para selecionar boas ações e obter excelentes rendimentos, mesmo em épocas de crise quando a bolsa está em queda e aproveitar para obter lucros maravilhosos em períodos de vacas gordas. E é possível fazer isso com apenas 30 minutos por mês, essa foi uma das grandes lições que aprendi com Warren Buffet (o maior investidor de todos os tempos)!
  • Trading: São operações de curto prazo no mercado financeiro, esses tipos de investidores também são conhecidos como especuladores.

Aparentemente, isso pode parecer muito complicado e você talvez não se veja fazendo isso hoje, mas, a verdade é que depois que inventaram os robôs de investimentos (expert advisors), tudo ficou mais fácil. Hoje um investidor iniciante pode comprar um robô por valores bem acessíveis (a partir de US$ 99) e passar a operar de forma 100% automática no mercado financeiro, possibilitando uma rentabilidade bem acima da média.

Então, aprender a investir é o segundo passo para conquistar a sua independência financeira!

A Bola de Neve

O terceiro passo é o que eu chamo de A Bola de Neve. Após começar a juntar dinheiro e investir mensalmente, você deve aprender a investir de maneira eficiente como os investidores de sucesso, mesmo que tenha pouco tempo para acompanhar seus investimentos. Basta deixar os juros compostos fazerem seu efeito – como você viu nos exemplos acima – e deixar o seu dinheiro se multiplicar, até que tenha uma quantia onde os rendimentos desses investimentos ultrapassem o seu custo de vida mensal.

A Grande Vitória

A partir desse momento você pode simplesmente sacar todos os meses o lucro dos seus investimentos (sua rentabilidade mensal) para pagar todas as suas contas e ser livre, podendo trabalhar quando, como e somente se quiser, poder viver de férias, praticar os seus hobbies e dar o conforto e qualidade de vida que sua família merece, além de poder investir nos seus filhos (caso tenha ou pretenda ter).

Recapitulando Como Conquistar a Independência Financeira:

1º Passo: Se pagar em primeiro lugar e começar a investir;

2º Passo: Aprender a investir como um investidor de sucesso;

3º Passo: Deixar o seu capital acumular e se multiplicar.

Apresentação Gratuita:

Para facilitar o seu aprendizado, eu criei um vídeo onde eu explico mais detalhadamente todo esse passo e como conquistar a sua independência financeira e se tornar um investidor de sucesso. Clique AQUI para VER a apresentação.

Não se esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos e conhecidos!

Forte Abraço!