Os 10 benefícios de investir nas Cotas FII

Tempo de leitura: 3 minutos

cotas-FIIOs investimentos imobiliários são alguns dos mais rentáveis e seguros para os investidores, mas como nem todas as pessoas podem se tornar sócias de grandes construtoras e seus empreendimentos imobiliários, surgiu uma nova modalidade de investimentos: as Cotas de Investimento Imobiliário, ou as Cotas FII.

As Cotas FII funcionam como ações, mas em vez de comprar a participação em uma empresa, o investidor adquire partes de um empreendimento imobiliário e os rendimentos são obtidos por meio da valorização das cotas ou do recebimento de aluguéis, arrendamentos ou alienação dos imóveis.

Como adquirir cotas FII?

Os fundos de investimento imobiliários são comercializados por meio de corretoras ou do Home Broker. Existem, basicamente, duas formas de comprá-las: o investidor pode participar do IPO, reservando a sua cota no momento da oferta pública, ou comprar de outro investidor.

O IPO dos fundos imobiliários é muito parecido com as ofertas públicas de ações. Um determinado fundo oferece ao mercado uma certa quantidade de cotas para compra. Elas têm valor unitário fixo e também há uma quantidade mínima de cotas que precisam ser adquiridas pelos investidores. Elas são negociadas na BM&FBovespa.

Já quem deseja comprar cotas FII no mercado secundário, ou seja, de outros investidores, pode negociar diretamente por meio das plataformas Home Broker de suas corretoras de investimentos.

Benefícios das cotas FII

Investir em fundos imobiliários é especialmente vantajoso para os investidores que desejam praticidade aliada à segurança. Essa é uma forma inteligente de investir na bolsa, em diversos tipos de imóveis simultaneamente. Veja as vantagens das cotas FII:

  1. Diversificação: O FII permite que o investidor adquira participação em empreendimentos imobiliários de alta qualidade, como shoppings e prédios comerciais sem precisar, de fato, adquirir um imóvel.
  2. Parceria: Como vários cotistas investem juntos em determinados imóveis, com um pequeno valor é possível ter acesso a uma grande imóveis de primeira linha.
  3. Renda mensal: O valor dos aluguéis são distribuídos mensalmente e depositados na sua conta na corretora.
  4. Praticidade: Você investe do conforto da sua casa, sem precisar ir ao cartório providenciar as documentações relacionadas à compra de um imóvel, ou seja, se livra de burocracia.
  5. Tranquilidade: O investidor não precisa se preocupar com os gastos de manutenção do imóvel, que é de total responsabilidade dos administradores do fundo imobiliário e recebe dividendos periodicamente.
  6. Minimização de perdas: Caso algum inquilino fique inadimplente, esse valor fica diluído entre os vários cotistas, o que não aconteceria caso você fosse dono de um imóvel e teria que arcar com o prejuízo sozinho.
  7. Menor tributação: Rendimentos mensais obtidos por aluguéis e arrendamentos são isentos de IR, desde que o investidor (pessoa física) não possua mais do que 10% das cotas de um mesmo fundo. O imposto de renda só incide sobre o lucro obtido por meio da valorização das cotas no mercado financeiro, em torno de 20%.
  8. Taxas atrativas: As taxas de administração deste tipo de fundo também são bastante atrativas. Normalmente são menores do que outras formas de investimento.
  9. Alta liquidez: Caso você esteja precisando do capital, é muito mais fácil vender cotas de diversos empreendimentos do que vender um único empreendimento pelo valor que ele vale de fato.
  10. Facilidade: Com um método pronto e eficiente para seguir, é muito simples investir em cotas FII.

Agora que você já sabe o que são e quais os benefícios das cotas FII, que tal aprender um método exclusivo para montar a sua cartela de investimentos de maneira estruturada e maximizar as possibilidades de ganho? Conheça o curso sobre Como Investir em Fundos Imobiliários!