Conheça os tipos de trading mais comuns do mercado

Tempo de leitura: 7 minutos

Antes de iniciar no mercado financeiro é muito importante estar familiarizado com os diversos tipos de trading. Seja Day, Swing ou Position Trade e até operações de médio e longo prazo (Buy & Hold). Esses termos podem até parecer complicados demais em um primeiro momento. Mas, logo você verá que há uma diferença básica entre eles: o tempo com que irá negociar. Entenda:

Todo investidor possui um plano para os seus investimentos. E é justamente esse plano que o ajudará a definir sua estratégia, assim como, o tempo para operar em aplicações como a Bolsa de Valores e o Forex. Dessa forma, é essencial que se prepare para trabalhar com a maior precisão possível. Isto é: correr riscos calculados e saber para quando esperar os resultados.

Entre os tipos de trading (operações de curto prazo) mais comuns estão as do Forex. E essas negociações são classificadas em: Day Trade – duram menos de 24 horas; Swing Trade – levam de dois a cinco dias e o Position Traderelativamente de curto prazo, pois duram algumas semanas e até meses.

Todas essas definições e prazos você poderá conhecer no artigo de hoje. Faça isso e dê mais um passo à frente rumo à sua independência financeira!

Boa leitura!

O que é day trade

Como vimos, o day trade é sempre encerrado no mesmo dia, mas pode durar apenas alguns minutos ou horas. É o mais curto dentre os tipos de trading. A compra pode ser na abertura do mercado financeiro e a venda no fechamento, ou até com uma diferença de segundos: ambas são chamadas de day trade.

Por se tratar de um prazo voltado para os ganhos rápidos, exige muito conhecimento e experiência por parte do trader. Além da rapidez, também é comum operar com o day trade para conseguir pequenos montantes. Isso porque a soma final pode trazer uma lucratividade interessante. Então, recapitule e confira mais alguns detalhes:

Características do day trade: diversas operações de curtíssimo prazo (menos de 24 horas) ao mesmo tempo, necessita de ativos de alta liquidez, exige dedicação, os ganhos são rápidos e os lucros de cada operação podem ser pequenos, mas o resultado final muito bom. Imprescindível o conhecimento em análise técnica e muita experiência por parte do investidor.

Swing Trade

tipos de trading 2

O swing trade também é um dos tipos de trading mais comuns da renda variável, porém consiste em uma operação de prazo um pouco maior. O trader que utiliza o swing trade negocia, em média, num período de dois a cinco dias. Não mais do que isso. A ideia é permanecer em uma posição até o tempo estabelecido para atingir as metas traçadas.

Neste contexto, o swing trader costuma realizar menos operações paralelamente. Fator que não elimina a necessidade de haver uma igual liquidez dos ativos como no day trade. Outros pré-requisitos são o domínio da análise técnica, paciência, disciplina, disponibilidade para acompanhar os gráficos e suas tendências.

Características do swing trade: menos operações de curto prazo (dois a cinco dias) ao mesmo tempo, necessita de ativos de alta liquidez, exige dedicação, paciência e disciplina, pode haver mais consistência de resultados e é imprescindível o conhecimento em análise técnica.

Position Trade

No position trade as negociações podem durar algumas semanas e até meses. Como o objetivo é atingir uma maior lucratividade em relação aos outros tipos de trading, o investidor mantém poucas ordens abertas ao mesmo tempo. A liquidez é importante, mas não é essencial como no day e no swing trade. Aqui o prazo para operar é mais extenso.

Características do position trade: podem ser abertas poucas operações ao mesmo tempo (semanais), a liquidez não é o fator mais importante, exige paciência, disciplina e controle emocional, pode haver mais consistência de resultados e o trader deve conhecer as análises técnica e fundamentalista. Veja nesta publicação outras alternativas para aumentar patrimônio investindo.

Médio e longo prazo

tipos de trading 3

Confira agora outras formas de operar, diferentes dos tipos de trading que vimos acima:

Médio prazo: negociações com prazos maiores, de um a cinco anos. É recomendável ter alguma experiência no mercado e noções de análise técnica e fundamentalista.

Longo prazo: também conhecido como Buy & Hold, inclui operações de cinco anos para cima. São utilizadas por investidores que buscam complementar sua aposentadoria lá na frente. Importante conhecer a análise fundamentalista.

Custos e riscos

Tanto na Bolsa como no Forex, o day trader manual precisa ter bastante disponibilidade de tempo para negociar. E, como fará diversas operações por dia, terá grandes custos com corretagens e outras taxas. Há ainda a incidência do Imposto de Renda que para operações day trade é maior. Day trader paga 20% de IR ao invés dos 15% normais. Além deste ponto contra, ainda é preciso lidar com o risco diário de não conseguir comprar ou vender seus ativos.

Já no swing trade, as operações são mais reduzidas e, consequentemente, o capital, custos e riscos envolvidos também são menores. Fora isso, os movimentos dos gráficos são mais fáceis de analisar, pois existe um maior (porém, não muito!) tempo para isso. Lembre-se da importância de gerenciar o risco adequadamente, aplicar os stops à mão, seguir a estratégia e manter a ‘cabeça fria’. O mesmo vale para o position trade.

Como escolher meus tipos de trading?

tipos de trading 4

Percebeu como o período operacional é a principal diferença entre os tipos de trading? E também como cada uma das modalidades exige habilidades específicas do trader? Por isso, para escolher a que melhor se encaixa ao seu perfil avalie claramente o seu lifestyle.

Qual o tempo que você tem disponível para investir? Quanto de risco quer e pode correr para atingir os resultados almejados? Somente com essas respostas você conseguirá chegar a uma definição assertiva. Tenha em mente que cabe ao investidor (trader) estabelecer sua própria estratégia e traçar um caminho a ser percorrido nos seus investimentos.

Então, vamos relembrar:

tipos de trading 5

Agora, quero compartilhar um pouco da minha experiência com você…

Eu já investi em diversos mercados (bolsa, renda fixa e fundos imobiliários) mas foi com o Forex que obtive minha melhor lucratividade até hoje: 142% em apenas cinco meses, para ser exato. Porém, não foi fácil chegar até aqui. E você, que está começando ou já é investidor sabe o que eu quero dizer.

Precisei estudar anos a fio e aprender muito sobre o mercado para poder iniciar. Entre todos os atributos listados acima para cada tipo de operação, precisei compreender a fundo sobre: as análises técnica e fundamentalista, controle emocional e gerenciamento de risco. Tive também que me dedicar por um longo período para adquirir experiência. Não foi nada fácil.

Depois disso, e de todo esse trabalho, ainda errei muitas vezes. Cheguei, inclusive, a quase perder todo meu dinheiro. E, somente depois de passar por tantas dificuldades, encontrei uma nova forma de operar que realmente trouxe rentabilidade para mim. Foi quando desenvolvi o meu próprio método, com um modelo exato de investimentos, para utilizar.

Estou com ele desde então e muito satisfeito com meus resultados. Afinal, essa estratégia não me auxiliou apenas a conquistar tudo o que eu desejava, mas mudou minha vida financeira para sempre. Sabe por quê? Passei a utilizar os diferentes tipos de trading, de forma totalmente automatizada, e sem nenhuma dor de cabeça. E você também pode fazer isso!

Assim, a maior recomendação que eu posso lhe dar para saltar em direção ao sucesso com muito mais eficiência e rapidez é: aprenda a operar com robôs investidores e seja muito bem-sucedido no mercado financeiro! Saiba mais sobre esse conceito aqui e descubra um novo universo para os seus investimentos a partir de agora.

Desejo muito suce$$o para você e conte comigo nesta caminhada!

Forte abraço, Marcello.