Descubra como escolher os melhores pares de moedas forex

Tempo de leitura: 8 minutos

Acompanhar as notícias, entender sobre análise técnica, utilizar um método eficiente e saber negociar, estão entre os princípios básicos das operações no mercado cambial. Mas, como escolher os melhores pares de moedas forex para estar sempre bem posicionado e a favor de novos ganhos? No artigo de hoje vou esclarecer essa e outras das principais dúvidas dos traders iniciantes, além de trazer diversos tópicos interessantes para utilizar nessa avaliação. Confira e prepare-se para começar:

Como escolher os melhores pares de moedas forex para o dia?

Vários fatores podem influenciar no preço das moedas, tais como: o PIB do país, inflação, economia doméstica, dívida pública, exportação, importação, risco país, taxa de juros e etc. Portanto, a primeira coisa que você deve ter em mente é que as moedas sempre vão oscilar e sofrer o impacto de grandes tendências como acabamos de ver.

Elas não vão “subir para sempre”, como pode ocorrer no mercado de ações. A vantagem é que temos vários pares para operar e que podemos nos posicionar na compra ou na venda de forma simples. Por isso, é importante compreender como funcionam os preços das principais moedas do forex, ter uma estratégia bem definida e, somente após tudo isso, fazer a sua seleção diária ou por período.

Esse entendimento lhe ajudará a escolher aqueles pares com menor ou maior aversão ao risco e de acordo com suas metas financeiras. No próximo tópico trago mais informações sobre o comportamento dessas moedas. Confira.

Dica extra: no trading manual, essa escolha vai depender do setup e da estratégia que o investidor utiliza. Há alguns que preferem se especializar em determinados pares e se aprofundar somente nestas tendências.

Quais os pares de moedas mais líquidas?

Melhores pares de moedas forex

Existem oito principais países com os maiores mercados financeiros mundiais. Relaciono todos eles logo abaixo, juntamente com a sigla em que suas moedas são representadas:

Estados Unidos USD
Reino Unido GBP
Japão JPY
Suíça CHF
Canadá CAD
Austrália AUD
Nova Zelândia NZD
Euro EUR

Entre os melhores pares de moedas forex, geralmente os que cruzam as moedas acima com o dólar têm maior liquidez, como GBPUSD e o USDCHF. Mas, podem acontecer exceções. Algumas estimativas sugerem que 70% das operações, feitas por traders e bancos centrais – principais participantes desse mercado, são de EUR/USD. Veja aqui outras 7 coisas que você precisa saber para investir no Forex.

Vale ainda ressaltar que o mercado cambial é bastante líquido. Como é o maior do mundo, dificilmente você não encontrará um comprador como pode acontecer na Bolsa de Valores. Dessa forma, o grande número de negociações é uma das vantagens desse investimento.

Quais os pares de moedas mais ativos ou voláteis?

Existem muitos pares ativos e voláteis no forex. Essas combinações costumam ter muita força nos gráficos. Logo, podem trazer muitos lucros para o investidor. No entanto, as perdas também podem ser bem salgadas. Há também vários pares correlacionados, neste sentido, ou seja, quando um faz uma tendência de alta, o outro também se altera, e assim por diante.

Neste site você consegue verificar qual a variação média diária e também por hora e dia da semana. Assim, você consegue facilmente saber quais os pares e quais horários são os mais adequados para a sua estratégia. Dica extra: atente-se à volatilidade por sessão.

Países com maior negociação e segurança

Melhores pares de moedas forex - segurança

Estados Unidos

  • Maior economia do mundo;
  • Maior reserva mundial;
  • Maior mercado consumidor;
  • O petróleo é cotado em dólar.

Europa

  • Moeda da zona do euro (com exceção da Inglaterra);
  • É a segunda maior economia do mundo;
  • Todos os países e o banco central (ECB) seguem a mesma política monetária.

Japão

  • Terceira maior economia do mundo;
  • Grande consumidor de petróleo;
  • Economia baseada na exportação.

Inglaterra

  • Londres possui o maior e mais desenvolvido mercado financeiro do mundo;
  • Concentração de grandes bancos;
  • Economia muito sólida e política monetária eficiente;
  • 60% do volume do mercado de forex acontece em Londres.

Suíça

  • Lugar de armazenamento de capital devido à neutralidade política e confidencialidade de contas offshore;
  • Mais sensível a eventos econômicos externos do que internos.

Canadá

  • Economia muito dependente da exportação de petróleo;
  • É altamente correlacionado com os preço das commodities.

Austrália

  • Economia dependente da exportação de minerais e agricultura pela Ásia;
  • Tem muita correlação com o preço do ouro;
  • Sensível ao consumo na China (exporta muito para lá).

Nova Zelândia

  • Economia dependente da exportação de minerais e agricultura pela Ásia e Austrália;
  • Sensível a mudança na taxa de juros;
  • Política monetária feita pelo seu banco central (RBNZ).

Melhores horários para operar

O forex é o mercado mais “líquido” do mundo, conta com negociações 24 horas, cinco dias por semana. Devido ao nosso fuso horário, ele abre domingo à noite e fecha sexta-feira, no final da tarde. A vantagem de um mercado 24 horas está na facilidade de poder operar a qualquer momento, isso quer dizer que ,mesmo que você tenha alguma atividade em horário comercial, consegue fazer as negociações fora do seu horário de expediente. Se o fizer com robôs, melhor ainda, pois eles ficam sempre ligados e isso pode trazer ainda mais entradas.

Neste portal você pode ver os horários de maior e menor volatilidade de cada par. Conforme a estratégia utilizada, o investidor pode almejar períodos muito específicos que podem ser facilmente encontrados no site indicado.  No gráfico abaixo, trago uma pequena ilustração:

Melhores pares de moedas forex - volatilidade

As horas estão no fuso GMT. Tudo começa com uma calmaria na madrugada para, em seguida, disparar com a abertura de Londres no início da manhã. Depois vemos um um pico ao meio-dia com Londres e Nova York abertas. Assim, a volatilidade permanece alta até Nova York fechar. Depois tudo se acalma até iniciar novamente.

O que é a correlação de pares de moedas?

Melhores pares de moedas forex - correlação

A primeira moeda do par é sempre a mercadoria a ser comprada ou vendida; e a segunda trata do dinheiro com o qual se fará toda a transação. Em EUR/USD, por exemplo, você pagará em dólar para poder comprar Euro. Assim como em GBP/USD: você paga em dólares para adquirir libra esterlina.

A comparação pode ainda ser utilizada para exemplificar a correlação das moedas, pois esses pares tendem a se mover sempre na mesma direção. E, por este motivo, são chamados de correlacionados. Nesses casos, é interessante estar posicionado apenas quando os sinais estiverem iguais em ambos os pares. Saiba mais aqui.

E, se ainda está em dúvida, saiba como ganhar dinheiro no forex e seja financeiramente livre.

Conclusão

Agora você sabe que é preciso ser extremamente estratégico para selecionar os melhores pares de moedas forex. Assim, busque todo o conhecimento possível para operar com eficiência e alinhado ao seu objetivo.

Não corra grandes riscos! E, se considerar que não está 100% preparado, comece em uma conta demo, ou então com pouco dinheiro, baixo risco e vá aumentando aos poucos.

Trabalhar com o trading, principalmente o manual, é um grande desafio. Por isso, é preciso estudar. E estudar muito, diariamente, e acompanhar de perto as movimentações na plataforma operacional.

A falta de tempo é uma realidade e um dos motivos pelos quais muitas pessoas desistem de investir neste ou em qualquer outro mercado. E é motivo ainda maior quando se está na fase de decidir sobre qual rumo tomar para construção de um patrimônio.

No entanto, eu estou aqui para lhe dizer que você pode, sim, começar a investir mesmo com pouco tempo. E que pode começar com quantias acessíveis de capital. E mais: de forma totalmente automatizada. Como? Eu explico:

Você pode utilizar os robôs investidores. Atualmente, eles são os meus grandes aliados no forex. Faço a gestão de risco que mais se adapta ao meu perfil como investidor, deixo eles trabalharem e os acompanho com algumas monitorias, conforme o andamento do mercado.

Por este motivo, hoje trabalho com o único curso do Brasil onde posso ensinar o que eu realmente faço: investir. E trago resultados de contas reais e da minha própria conta para os meus alunos. Tudo de uma forma muito transparente, simples, séria e didática.

Afinal, meu objetivo é ajudar você a também alcançar a independência financeira como eu alcancei um dia. Então, lhe convido para conhecer mais sobre esse meu trabalho neste link. Junte-se a nós e saiba como quase 12 mil investidores já reconstruíram suas vidas a partir dessa mudança.

Um grande abraço e conte sempre comigo!